CULTURA DE DJ - O Blog Magazine de Digital Djing

Notícias, Lançamentos, Reviews, Tutoriais, Entrevistas e Opiniões. Tudo sobre Controladores Midi, Software e Acessórios para Djs.

REVIEW: Vestax VCI-400 [Vídeo]

Posted by LUIS ALVES On 9:45 AM


VESTAX VCI-400
O controlador que veio "mudar o jogo" no ano passado chegou ao Cultura de Dj e hoje fazemos o Review completo sobre o equipamento. O Vestax VCI-400 tornou-se popular por ser um controlador personalizável, 100% mapeável e que permite que o usuário possa configurar o equipamento de forma única semelhante ao que encontramos em equipamentos modulares. Ele embarca tecnologia profissional em uma solução de médio porte "all-in-one". Apesar da marca já ter lançado uma variação deste equipamento recentemente o Vestax VCI-400 DJ,  o VCI-400 (Original) continua sendo o controlador que mais respeito tem tido por parte dos usuários. Há vários meses que recebemos solicitações de avaliação deste modelo e chegou a hora. Acompanhe a seguir a nossa avaliação ao poderoso Vestax VCI-400.

EMBALAGEM
Acompanhando a tendência da marca, a embalagem é vermelha e preta em cartão robusto e com uma prática pega de transporte. O equipamento em si vem embalado em um material sintético esponjado e que oferece proteção dos vários componentes. Vem ainda encaixado em duas bases de isopor que garante assim o transporte seguro do equipamento. Além do equipamento, encontramos um envelope azul onde os manuais, folhetos publicitários, cd de instalação do firmware e os layouts adesivos estão devidamente agrupados. Encontramos ainda um cabo USB e o transformador de conexão a fonte de energia elétrica. O software Serato Dj Intro deverá ser transferido diretamente no site da Serato.


PRIMEIRAS IMPRESSÕES
Ao retirar o controlador da caixa, de imediato percebemos que se tratava de um produto Vestax. Seu Layout é familiar se pensarmos nos Mixers populares da marca além dos próprios componentes que sem dúvida trazem o DNA do fabricante. O seu tamanho é generoso mas não chega a ser desconfortável, com 45.7 cm de largura e 32.8 cm de profundidade e 6.1 cm de altura ele garante espaço suficiente entre os vários controlos sem comprometer. As famosas Jog Wheels da marca estão também presentes e o controlo de torque é um dos destaques. A estrutura do controlador é 100% metálica o que lhe confere uma robustez e durabilidade acima da média. Um dos primeiros detalhes que saltam à vista são os botões de controlo do filter em vermelho que são enormes e dão um excelente feedback ao Dj.

QUALIDADE DE CONSTRUÇÃO
Á semelhança de outros equipamentos da marca, o VCI-400 tem uma qualidade de construção acima da média. Além da estrutura metálica ele possui proteção nos cantos e todos os botões, capas de faders, encoders, pads e botões são de acabamento refinado. Os botões de controlo da equalização são emborrachados e garantem uma excelente aderência no uso. O Botão do Filter é metálico mas pelo seu tamanho avultado é possível obter também boa aderência. A iluminação dos pads é amarela para os canais A e B e vermelha para os canais C e D (na zona dos decks). As Jog Wheels possuem duas cores de led: Vermelho (quando o sensor sente a pressão da mão) e Azul (quando está em modo stand by ou em uso da função pitch bend). O indicador dos níveis do master em led fica posicionado na zona central do mixer entre os faders de volume. Onde vemos também qualidade é nos componentes do interface de áudio. Todas as conexões são douradas e profissionais. O Crossfader por sua vez é também profissional e permite "aventuras" no "scratching". Encontramos ainda referências a materiais e soluções mais "old school", os seletores de deck são patilhas metálicas semelhantes aos mixers dos anos 80 e o seletor de modo da zona de transporte é igualmente herança dos mixers da marca do passado.


QUALIDADE DO SOM
Apesar de inicialmente ele ter sido lançado com a informação de que seu interface de áudio oferecia 16 bits a 48 kHz, hoje o controlador debita até 96 kHz a 24 Bits (mesmo não sendo oficialmente informado, e é no gestor de firmware que vemos essas novas definições) o que lhe garante um som preparado para eventos e plataformas maiores. Sem dúvida o excelente som é consequência dos muitos componentes analógicos que fazem parte da engenharia áudio deste controlador. O som é potente, bem definido e oferece excelentes respostas em todo o tipo de PA's. O interface oferece saída para pré escuta, 2 entradas para microfone com controlo de volume independente (Canon), 2 entradas de linha (RCA) com controlo de volume independente e duas saídas master, 1 Jack de 1/4 e 1 XLR balanceada.

MIXER
Na zona do mixer encontramos 4 canais físicos com equalização de 3 bandas e controlo de trim (gain), fader de volume para cada canal, filtro dedicado, volume master e cross fader. Na zona do mixer ainda temos por canal o botão de carregamento de música e o botão sync. Encontramos ainda abaixo do botão do filter 2 botões de seleção de banco de efeitos e o botão de ativação de pré-escuta. Na zona central é possível ter acesso à navegação na biblioteca musical através de um encoder infinito com função "push" que permite alternar entre pastas, playlists e ficheiros. Finalmente próximo do controlo do volume master encontramos um pequeno fader de volume e 4 botões mapeáveis ideais para o mapeamento para o "loop recorder" no Traktor Pro ou ainda o controlo do sampler do Virtual Dj e do Serato Dj.


DECKS
É na zona dos decks que encontramos os maiores diferenciais deste controlador. Na zona de transporte são 6 botões dedicados, 2 pré mapeados para play/pause e cue e 4 mapeáveis por exemplo para os remix decks do Traktor Pro. Além disso esses 6 botões de transporte são multiplicáveis por 3 uma vez que é possível selecionar 3 modos para os botões de transporte (através de uma pequena patilha na parte frontal do controlador) e assim expandir ainda mais a superfície de controlo. As Jog Wheels são (no Serato Dj Intro e Serato Dj) as mais responsivas que já encontramos em controladores midi, o ajuste de torque ajuda bastante na configuração do equipamento conforme o perfil do Dj. Acima das jog Wheels encontramos uma patilha metálica que permite selecionar o deck A/C e B/D. A zona dos pads oferece 12 botões emborrachados que podem ser mapeados conforme a vontade de cada um. Por defeito no Traktor Pro (mapa padrão da Vestax para o software da Native Instruments) temos os primeiros 4 botões para controlo da função "move" e para o controlo dos "loops". Os botões de 5 a 8 são cue points e os botões menores permitem apagar esses mesmos cue points. Já na plataforma Serato Dj os pads podem ser mapeados para as mesmas funções padrão dos populares Numark NS7 II e do Pioneer DDJ-SX/SR: Hot Cue, Roll, Sample e Slicer. Ao lado dos pads temos o Pitch Fader com indicação em Led da posição "zero" ou seja do BPM original da música. Acima dos pads encontramos 2 encoders infinitos com função "push" que podem ser usados para selecionar tamanho do loop pré configurado (por barras), função "move" ou qualquer outra função. O botão Shift está igualmente disponível permitindo assim duplicar as funções dos decks. Na parte superior encontramos ainda controlos dedicados para efeitos: 3 botões emborrachados, 1 encoder infinito, e 6 botões (2 na lateral e 4 em baixo do controlos rotativos). É possível ainda encontrar feedback visual de conectividade do UBS, do Cabo de alimentação e das mensagens midi sendo enviadas. Um pequeno botão ao lado das Jog Wheels controla o modo Vinyl e completa a zona dos decks.

EM USO
O Setup do VCI-400 é simples. Primeiramente foi feita a instalação e atualização do firmware, download do mapeamento midi para o Traktor Pro diretamente do site e sem grandes complicações comecei a usar. No Serato a mesma coisa, basta conectar a fonte de alimentação externa e o cabo USB, abrir o software e está pronto. Uma das coisas que é importante informar é que antes de abrir o seu software preferido deverá ajustar o sensor das jog wheels. Por defeito ele está com iluminação vermelha, deve por isso rodar com suavidade o botão do sensor até que a luz azul acenda em cada uma das jog wheels. Essa será a posição necessária para uso do controlador sem qualquer limitação. A resposta das Jog Wheels no Serato é de fato impressionante. Apesar de usar comunicação USB 2.0 a rapidez na transmissão das mensagens midi é quase imediata. Por sua vez o interface de áudio permite latências mínimas onde é possível "abusar" nas configurações sem comprometimento do som. Para quem está migrando agora para o segmento profissional de controladores midi, o Vestax VCI-400 é, sem dúvida, um prazer de usar. É quase como sentir responsabilidade extra pelo que ele nos oferece. A cada dia de uso é inevitável que o nosso atrevimento (no que diz respeito a re-mapeamento) acabe falando mais alto, sentimos que precisamos de deixar o VCI-400 exatamente do nosso jeito e por isso mesmo não é incomum começarmos a desvendar o mundo do mapeamento midi: afinal temos uma enorme tela na nossa frente que podemos "colorir" conforme as nossas preferências e/ou necessidades. Todos os botões e faders são super precisos e confiáveis e os pads, apesar de não serem "MPC" cumprem bem a sua tarefa e com rápida resposta do software. A pressão sonora obtida na saída master é suficiente para configurações áudio de grandes eventos. A saída de pré escuta (testada com os Vestax HMX-05 - pode conferir o Review Completo Aqui), oferece uma excelente potência que chega em níveis elevadíssimos e sem distorção. Em suma, é um controlador espaçoso, com toque profissional e que transmite total confiança ao usuário durante o uso (mesmo em uso "pesado"). Após a última atualização de firmware, o VCI-400 funciona também em modo 100% analógico nos decks C e D oferecendo controlo de equalização, trim e filtro mesmo sem estar conectado a um computador (Modo Standalone Mixer - Saiba mais sobre o modo Standalone aqui), aumentando assim sua versatilidade.


RELAÇÃO CUSTO BENEFÍCIO
Com preço de lançamento de US$1.400 (Dólares Americanos) e preço atual de US$700 o VCI-400 é um controlador que oferece muito para o seu preço no mercado de hoje. Ele concorre frente a frente com controladores de mais de US$1.000 e com vantagem. Apesar dos constantes lançamentos e do mercado estar extremamente aquecido neste padrão profissional, o VCI-400 continua sendo o melhor representante dos apaixonados por "controladorismo", ou seja, ele é um dos poucos controladores que permite que o usuário possa mapear e re-mapear vezes sem conta sem o comprometimento de ter a estampagem padrão de uma determinada função na superfície do equipamento. As Jog Wheels são fantásticas, o mixer tem padrão superior, todos os componentes são de extrema qualidade e todos os pequenos detalhes foram pensados para dar ao Dj a maior mobilidade. Outra das vantagens é a capacidade de multiplicar todos os controlos disponíveis sendo igualmente um excelente aliado para quem usa software de produção musical incorporado nas suas apresentações. A sua versatilidade e compatibilidade com os softwares: Virtual Dj, Serato Dj, Traktor Pro, djay, Mix Vibes Cross, Ultramixer e Deckadance permitem que ele possa virtualmente agradar a todos. No Brasil ele está disponível no momento apenas através de importação direta mas em breve será disponibilizado via importador oficial nacional.

CONCLUSÃO
Com qualidade acima da média, resistência, durabilidade e o maior número de controlos no mercado, o VCI-400 é um controlador que veio para ficar. Francamente e já com quase 2 anos de mercado seria de esperar que ele já mostrasse sinais de cansaço ou simplesmente alguma desatualização de layout, mas, a verdade é que as funções do Digital Djing estão já bem definidas no presente e no futuro a curto e médio prazo e o controlador acompanhará a evolução sem a necessidade de um upgrade de equipamento. Para 90% dos Dj's este controlador oferece controlos que quase nunca serão explorados na totalidade. Por isso, se pretende um controlador de nível profissional e que lhe permita adaptar e re-inventar a sua técnica sem que exista comprometimento de superfície de controlo, o Vestax VCI-400 é a escolha certa. Sem dúvida que a sua flexibilidade de uso 100% Digital, DVS ou Analógico lhe garante uma excelente integração em qualquer setup. É igualmente um equipamento adequado como base na cabine de um clube pois permite atender às necessidades dos mais variados tipos de Dj. Por tudo isso e muito mais o VCI-400 é sem dúvida o nosso controlador favorito e que ficará com lugar cativo em nosso estúdio.

VÍDEO


AVALIAÇÃO FINAL
SEGMENTO: Profissional


E você o que achou do Vestax VCI-400?
Deixe a sua opinião acerca deste artigo.







SUBSCREVA O NOSSO FEED POR E-MAIL E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES:






CULTURA DE DJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...